Propriedades e curiosidades da Hortelã

Bom Dia, Meninas!!!

Já tem alguns dias que eu estou querendo contar para vocês o que descobri a respeito da hortelã, mas não dava tempo. Agora que estou com um tempinho, vou contar.

HORTELÃ (Mentha spp)
Curiosidades
Originária de regiões da Europa e Ásia, a hortelã ou menta pertence a uma família extremamente aromática, a das Labfadas. É parente do manjericão, alecrim, tomilho, poejo, melissa, manjerona, alfavaca e orégano, entre outras. Foi cultivada pelos antigos egípcios e utilizada pelos gregos e romanos para fazer coroas.
O nome científico Mentha surgiu numa alusão à ninfa grega Minthe, que amava Plutão e foi transformada pela ciumenta Proserpina numa planta. Para os antigos gregos, essa planta, a menta, foi o símbolo do amor, por sua propriedade estimulante e energética que eles consideravam afrodisíaca. Posteriormente, seu uso foi muito difundido através dos monastérios. São conhecidas e cultivadas várias espécies, como a hortelã-crespa ou de cheiro (M. crispa); hortelã verdadeira ou hortelã-pimenta (M. piperita), conhecida em inglês por "peppermint"; hortelãzinha (M. spicata) e a hortelã doce (M. arvensis), plantada no Brasil para a extração de essência. Essas são algumas variedades, de uma lista de mais de 20.


Usos e propriedades
Tem vitaminas A, B e C e minerais de cálcio, fósforo, ferro e potássio. Tem ainda mentol, que reúne, em elevado grau, propriedades antiespasmódicas (ali viam as cólicas), calmantes, tônicas e antissépticas. O mentol isolado pela indústria é muito menos ativo que a correspondente quantidade de folhas de hortelã, pois são importantes não só os princípios ativos da substância mas também seus acompanhantes. É usada como tempero - sobretudo em saladas e em alguns molhos -, em chás, e "refrescando" sucos naturais (experimente na limonada!) e algumas bebidas alcoólicas, tipo licor. Também é utilizada para fazer geléia. Como medicamento, é empregada sob a forma de chá, com inúmeras indicações. Facilita a digestão, combate a formação de gases, de cálculos da vesícula, vômito e icterícia. No aparelho respiratório, favorece a expulsão dos catarros e impede a formação de mais mucos. É um bom remédio para a laringite. O dr. A. Balbach, estudioso das plantas na medicina doméstica, indica o chá para a expulsão de vermes intestinais e para aumentar a produção do leite materno. O médico suíço Martin Furlenmeier diz que a hortelã é particularmente indicada nos espasmos de estômago e cólicas intestinais e biliares. Segundo ele, experimentos já revelaram que a secreção de bílis aumenta até oito vezes mais com o uso da hortelã. Como bebida ou num banho bem relaxante, o chá também é calmante. A hortelã fornece um óleo que é usado na indústria de alimentos, remédios e cosméticos. Alguns alimentos deixam um odor muito forte na boca. É só mastigar uma folhinha de hortelã para ter de volta um hálito refrescante.

Variedade
Você pode ter em sua horta qualquer uma das várias espécies de hortelã. Uma das mais comuns é a chamada hortelã-crespa — erva rasteira que forma pequenas touceiras, com folhas ovaladas e enrugadas.

Clima
Não é exigente quanto ao clima e prefere os locais um pouco sombreados.

Solo
Gosta dos solos soltos e com bastante matéria orgânica.

Época de plantio
Toda a época de chuvas é a mais indicada para o plantio.

Plantio
O mais indicado é o plantio de ramos enraizados (estacas) ou de partes de uma touceira adulta. Depois de preparada a terra, faça algumas covas, colocando de quatro a cinco mudas em cada uma. Pode-se plantar também sementes no local definitivo. O espaçamento, em qualquer um dos casos, é de 30 por 30 centímetros. A hortelã pode ser cultivada em vasos.

Cuidados
Regue freqüentemente, mantendo a umidade do solo. De vez em quando, afofe a terra para que ela respire melhor e espalhe composto.

Colheita
A hortelã recém-colhida é uma delícia. Vá retirando os ramos à medida que tenha necessidade. A planta produz por vários anos, mas é bom renovar o canteiro a cada quatro ou cinco anos.

Fonte: Livro Horta é Saúde, edição especial de guia rural - Editora Abril (sem data)


Meu Comentário: 
Onde moro essas hortelãs são bem fáceis de se encontrar e é muito fácil o plantio, não precisamos ter nenhum cuidado especial para que as mudas se fortaleçam e deem várias hortelãs. Alguns até consideram que a hortelã nasce como mato aqui na cidade rsrsr. A hortelã sofre um pouco com o inverno rigoroso, mas passando o frio intenso a hortelã volta a brotar.

Eu experimentei a hortelã na limonada (como dizia no texto acima) e fica muito gostoso mesmo. Experimentei a hortelã com suco de: banana, maçã, limão e kiwi. Experimentei também a hortelã na forma de chá com um pouco de mate. De todas essas formas a hortelã combinou muito bem, conferindo um sabor agradável, seja nos sucos ou no chá.
Vi também em algum artigo de internet (aqui) que dizia: "Um estudo da Wheeling Jesuit University acompanhou 27 adultos durante cinco dias e descobriu que aqueles que inalavam o óleo de menta sob seu nariz a cada duas horas consumiam cerca de 350 calorias a menos por dia do que aqueles que não inalavam. Isso também serve para pessoas que mascam folhas de hortelã ou até mesmo mascam chicletes com aroma de hortelã."
Eu até procurei encontrar esse estudo para ver mais detalhes e poder avaliar as conclusões que eles tiveram, mas infelizmente não encontrei. Também não empenhei muito tempo nessa procura. Agora se funciona essa diminuição no consumo calórico diário apenas consumindo a hortelã eu não consegui comprovar. Se alguém aí fizer o teste me conta tá?

Tenham um ótimo dia!! 

Bjoss Va.

Sobre a autora: Serva do Senhor Jesus, publicadora na web e nas horas vagas artesã. Google Plus | Facebook

10 comentários:

  1. oi va... eu amo hortelã, al´m de ser um excelente tempero, tbm é legal pra chás e sucos.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a sua participação no blog da Vivi... Amei!....
    Tomo chá de hortelã quase todos os dias... Me sinto bem.

    ResponderExcluir
  3. Oi Va, eu gosto muito de hortelã também, só que aqui é meio caro. No RJ eu tomava muito suco de abacaxi com hortelã! Bom demais! :-)
    Obrigado pela força no meu bloguito! :-)
    Beijocas e ótimo dia!
    Carla Pancha

    ResponderExcluir
  4. adorei a dica amiga...eu gosto de hortelã com suco de abacaxi!
    hum....delicia!

    ResponderExcluir
  5. oi flor
    eu tomo seguido chá de hortelã
    gosto muito
    obrigada pela força viu
    um beijo

    ResponderExcluir
  6. Valeu a dica, Va! Adoro chá de hortelã e tb, hortelã no suco! humm...
    Obs.: você está um arraso na foto nova, viu? Corte novo de cabelo? Tá linda!

    Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Oi Va, adorei a explicação sobre a hortelã, eu tenho um pezinho aqui em casa que tá ficando lindo, já já vou poder usar!!! Bjsssss

    ResponderExcluir
  8. Oi lindona!
    QUe saudade de vc!
    Adorei vc falar sobre o hortelã. Eu amo suco de abacaxi com hortelã e também faço um bolinho de carne moída com hortelã. Fica uma delícia!

    ResponderExcluir
  9. menina, que legal, sabe que faz uma semana que estou tomando hortelã com canela e estou gostando muito...e tenho percebido que ele deixa um gostinho na boca que tira a vontade de comer....eu tb morva em uma cidade que o hortelã era mato...e a gente fica brigando pq ele invadia a horta e as flores...agora eu estou lutando para o hortelã sobreviver...toda semana compro um vaso..mas não vai...bjs


    ResponderExcluir
  10. O hortelã tem varias propriedade e é bastante usado na industria farmacêutica, bom artigo!

    ResponderExcluir

Google+